Boletim do Mandato do Vereador BILÉO SOARES - 2011
Campinas-SP

Biléo faz homenagem emocionada a Magalhães Teixeira

O vereador Biléo Soares (PSDB) usou a tribuna da Câmara para render novas homenagens ao ex-prefeito José Roberto Magalhães Teixeira, cujo aniversário de morte completa 15 anos em 2011. O vereador resgatou a trajetória de Grama – como era chamado pelos amigos e até mesmo pela população – e concluiu que “para muitos, foi o maior prefeito da história de Campinas; um homem que construiu uma vida política com ética, decência, seriedade de propósito e honradez”.

Biléo diz que o caráter conciliador apareceu cedo na carreira política de Magalhães. “Ainda jovem, lá em 1968, quando se juntou a ativistas políticos que brigavam contra a ditadura, muitos deles falavam em luta armada, até que Grama ousou a divergir e disse. “Armas por armas, vou pela ideia e pela palavra”, disse ele. Começava a surgir ali um grande político”, contou Biléo.

“Surgia um político que sempre optava pelo diálogo. Um homem que nunca fez política com o fígado, mas sempre com dignidade e respeito, como deve ser”, acrescentou o vereador.

“Em 1986, quando o PMDB se mostrou pequeno para as muitas lideranças que surgiam na política brasileira, Magalhães ousou a discordar da cúpula do partido e apoiou Antônio Ermínio de Moraes. Neste movimento, estava o nascedouro do que viria ser o PSDB, fundado dois anos depois. Magalhães contribuiu para o despertar de um partido político que hoje tem 23 anos e uma história de grandes serviços prestados ao País”, afirmou.

O vereador tucano disse que “poderia citar dezenas”, mas lembrou dois grandes projetos de Magalhães Teixeira. “O projeto de renda mínima surgiu com ele. Hoje todo o país sente os efeitos”, afirmou Biléo.

O Programa Renda Mínima foi lançado em Campinas em 1994 e destinava um complemento em dinheiro à renda de famílias consideradas miseráveis (abaixo da linha da pobreza). Para receber o dinheiro, a família inscrita no programa deveria residir em Campinas há pelo menos dois anos, manter os filhos na escola e com bons resultados nos estudos, receber os funcionários da Assistência Social em suas casas periodicamente e freqüentar cursos profissionalizantes, entre outras obrigações.

“Outro projeto de Magalhães foi a criação da Secretaria de Ação de Regional (SAR), um sistema descentralizado, que deixava o cidadão mais próximo das decisões”, contou.

Biléo revelou que quando foi informado sobre o agravamento do estado de saúde de Grama (o prefeito tinha câncer no fígado e morreu aos 57 anos), correu para o hospital, tentando ser útil de alguma forma. “Quando eu cheguei no quarto onde estava internado, ele me perguntou o que é que eu estava fazendo lá. Eu comecei a explicar e ele me interrompeu.

"Volte para a Câmara. Três projetos de extrema importância para cidade estão sendo votados e você precisa estar lá para garantir que sejam aprovados".

Ou seja, mesmo no final da vida, ele pensava antes em Campinas”, concluiu.
Magalhães Teixeira nasceu em Andradas-MG. Era chamado de Grama por causa da cidade mineira de São Sebastião da Grama, onde morou por um período, mas adotou Campinas como sua segunda terra natal. Formado em odontologia pela PUC, foi duas vezes prefeito de Campinas (de 1983 a 1988 e de 1993 a 1996) e vice-prefeito entre 1979 e 1982. Foi também deputado federal (1990 a 1992).

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas.


 Biléo Soares é vereador e líder do PSDB

Um forte abraço.

Visite nosso site  -  www.bileosoares.com.br

Gabinete do Vereador BILÉO SOARES
Câmara Municipal de Campinas - Av. da Saudade, 1.004 - Sala 20 - Ponte Preta - Campinas - SP - 13041-670
Fone: (19) 3736-1700 - Fax: (19) 3736-1705
E-mails:  bileosoares@camaracampinas.sp.gov.br   -   gilbertobileosoares@gmail.com   -   gilberto@bileosoares.com.br

 

Caso não queira mais receber nossos informativos, clique aqui