Boletim do Mandato do Vereador BILÉO SOARES - 2010
Campinas-SP

Praças e o Parque esquecido

Logo no início dos trabalhos legislativos deste ano, resolvi dar um passeio por Campinas para ver in loco como estavam nossas praças. Sei que um governo pode ser medido por vários indicadores em diversas áreas, mas as praças são, particularmente, eficaz instrumento de avaliação de um governo municipal. Praças existem para que a cidade possa respirar. Sem o ar que emana das praças, uma cidade se transforma num amontoado de concreto e asfalto, fica desumana, perde a necessária dignidade que dá ao cidadão orgulho de viver naquele local. Assim, como primeira missão do mandato com o qual fui novamente agraciado pela população de Campinas, fui verificar como andam nossas praças. E confesso que fiquei decepcionado com tudo que vi.

Comecei meu passeio pela Praça Ulysses Guimarães, nome dado à Praça Maior da antiga Pedreira do Chapadão, em homenagem ao político que foi um dos maiores responsáveis pela redemocratização do Brasil. Mas o local que homenageia o “presidente da oposição” durante o regime militar, não faz jus ao nome que tem. A situação de abandono salta aos olhos, a começar pela placa de inauguração que está suja e cercada de mato. A própria escultura modernista com o perfil do “Senhor Diretas” é o retrato do abandono. O resto é mato, sujeira, banheiros impraticáveis para seres humanos, luminárias quebradas e sem lâmpadas etc. Ulysses não merece e Campinas muito menos.

Em seguida estivemos na Praça Argemiro Roque, no São Bernardo. Lá constatamos que a praça é hoje território de vândalos. O mato toma conta de tudo, as instalações precisam de pintura, a grama alta do campo de futebol inviabiliza a prática do esporte, o campo não tem alambrado, há entulho — sobras de material de construção — espalhado, a quadra poliesportiva precisa de reforma, bem como a de vôlei de praia, o bebedouro está quebrado, enfim, o quadro é desolador.

Nossa próxima parada foi no Parque Portugal, um dos locais mais frequentados de Campinas pelos praticantes de longas caminhadas, de práticas salutares de esportes, por cidadãos que gostam também de apreciar a beleza do local, verdadeiro cartão postal da cidade com seu bosque e, principalmente, com a Lagoa do Taquaral. A ausência da caravela com sua grandiosidade foi a primeira constatação: a novela de sua recuperação se arrasta e Campinas perde um de seus monumentos mais pitorescos. Depois de andar por lá, constatamos inúmeros problemas. Ali precisam ser construídas rampas para acesso de pessoas portadoras de deficiências, de um quiosque para melhor acomodar alunos que visitam o parque; a pista de patins está impraticável, a quadra de hóquei precisa ser revitalizada, a pista de skate está sem manutenção; a pista de bicicross está sem alambrado, o campo de futebol está ruim para se jogar, a concha acústica mostra evidentes sinais de abandono, as cestas das quadras de basquete não têm redes e os banheiros precisam todos de consertos e manutenção permanente.

Depois dessas visitas que mostraram uma situação não desejável para com três de nossas principais áreas de lazer, elaborei algumas dezenas de requerimentos e indicações para o prefeito Hélio de Oliveira e fiquei na espera de providências por parte do poder público.

Mas, no último dia 12 deste mês, vimos estampada no Correio Popular, reportagem de página inteira, de autoria da repórter Maria Teresa Costa, sobre o abandono em que se encontra a Praça Ulysses Guimarães. Nossos requerimentos solicitando providências em relação à praça foram enviados ao prefeito em março. Passados cerca de três meses, verificamos que nada foi feito, que a situação só piora.

Não pode ser esse o comportamento de um governo municipal em relação às áreas de lazer de uma cidade. As praças são o retrato mais visível de uma cidade e o local de mais fácil acesso à população carente de lazer. Na nossa missão de vereador, de fiscalizar o poder público, de fazer uma oposição consciente, equilibrada e responsável, visando sempre melhorar a qualidade de vida da população, vamos continuar batendo nessa tecla, pois jamais nos conformaremos com essa situação de abandono que fere a dignidade do cidadão campineiro.

Biléo Soares é o líder da bancada do PSDB na Câmara de Vereadores de Campinas

Um forte abraço.

Visite nosso site  -  www.bileosoares.com.br

 

Gabinete do Vereador BILÉO SOARES
Câmara Municipal de Campinas - Av. da Saudade, 1.004 - Sala 20 - Ponte Preta - Campinas - SP - 13041-670
Fone: (19) 3736-1700 - Fax: (19) 3736-1705
E-mails:  bileosoares@camaracampinas.sp.gov.br   -   gilbertobileosoares@gmail.com   -   gilberto@bileosoares.com

 

Caso não queira mais receber nossos informativos, clique aqui