Discurso


02/02/2010

 

Vereador denuncia falta de política cultural e abandono de teatros

 

O vereador Biléo Soares (PSDB) aproveitou a primeira reunião ordinária do ano, na segunda-feira (01/02) e voltou a criticar o que considera falta de uma política cultural na cidade. Ele citou principalmente o abandono em que se encontram as salas de teatro. No ano passado, o vereador chegou a montar um dossiê dos principais monumentos campineiros que foram esquecidos pela Prefeitura.

Biléo constatou que alguns deles, localizados em praças públicas, estavam pichados e encobertos pelo mato. O documento foi encaminhado à Administração com pedidos de providências. Segundo Biléo, os principais teatros de Campinas estão um caos.


Bileo critica a falta de política cultural

 
“O Centro de Convivência está a deriva. Cheio de ratos, baratas e morcegos. Há um piano histórico abandonado ao sabor do tempo. O Castro Mendes tem constantemente suas reformas adiadas. Por essas e outras que pedimos providências”, criticou o vereador.

A reclamação de Biléo ganhou o apoio do vereador Thiago Ferrari (PMDB), que apesar de ser um parlamentar de situação afirma que discorda da Administração quando o assunto é Cultura. “Insisto e critico o governo nesse sentido. Temos que nos lembrar dos movimentos culturais que não recebem nenhum incentivo”, afirmou o vereador.

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Fotos: A.C.Oliveira/CMC
 
 

Copyright (c) 2009 - www.bileosoares.com.br - Todos os direitos reservados