Discurso


09/09/2010

 

Vereador apela por reforma política ampla e efetiva

 

O vereador Biléo Soares (PSDB) ocupou a Tribuna nesta quarta-feira (08/09) para fazer um alerta: disse que eventuais distorções do atual sistema eleitoral brasileiro só serão corrigidos com uma ampla e efetiva reforma política. O vereador disse que o debate não deve se restringir apenas à escolha de um ou outro candidato e convocou a população e as autoridades a refletirem sobre o modelo mais adequado a ser adotado no País.

“Precisamos discutir se é melhor para o Brasil a adoção do voto distrital; da lista fechada elaborada pelos partidos ou se um misto dos dois sistemas. Tenho para mim, que o ideal seria 50% de cada”, disse o vereador.

Biléo defendeu redução no número de partidos. “Acho que deveríamos ter entre cinco e sete partidos, assim como ocorre na França. Mas devem ser partidos doutrinários, programáticos, ideológicos”, acrescentou.


Biléo (esq.) e Tadeu Marcos (c) em plenário
 

“Temos de discutir a representatividade, pois o que existe hoje provoca enormes distorções. Um voto acreano, por exemplo, vale 17 vezes mais que o voto paulista. Isso, é um erro que precisa ser corrigido” avalia. “Além disso, temos de regulamentar os instrumentos da democracia direta, como é o caso dos plebiscitos, dos referendos e das ações de iniciativa popular”.
“Chega dessa discussão pífia, tacanha, medíocre. Não podemos nos ater ao superficial. Precisamos debater o conteúdo”, disse ele.
A discussão em torno da reforma política surgiu depois de uma série de intervenções do vereador Antonio Francisco dos Santos – O Politizador do Brasil (PMN) que, seguidamente, vem criticando a postura do candidato Tiririca (PR) no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV. Para o Politizador a forma como o humorista divulga sua candidatura é ofensiva à classe política e coloca em risco a democracia.
Biléo acha que a reforma política vai desencadear outras mudanças. “Como dizia o grande Ulisses Guimarães, a reforma política é a mãe de todas as reformas”, concluiu.

TADEU - O vereador Tadeu Marcos (PTB) elogiou a tese defendida por Biléo, mas lembrou que o parlamento é o espelho da sociedade e, segundo ele, Campinas não foge à regra. “Sou um adepto da democracia e por isso considero que a crítica é sempre muito bem vinda. Mas a crítica deve ser séria e a Câmara de Campinas já há muito tempo vai nesta linha”, afirma.
“Mas eu fico pensando que, depois de tudo o que já vi aqui nesta Casa, algumas coisas me deixam pasmo. Porque muitos daqueles que são criticados nesta tribuna têm genérico ou similar aqui”, disse.
Tadeu Marcos garantiu que a Câmara de Campinas não é apenas o que se apresenta. “Esta Casa saiu na vanguarda ao aprovar centenas de leis inclusivas; ao abrir discussão de transporte alternativo e diversos outros assuntos que acabaram sendo replicadas em outras partes do País. A lei orgânica de Campinas virou parâmetro de referência para centenas de municípios”, disse.
Ele diz que a Tribuna da Câmara foi ocupada por médicos renomados, reitores de universidades, profissionais liberais de sucesso e também por gente do povo “que se fazia ouvir por horas, justamente por guardar sabedoria”.
Para Tadeu Marcos, os candidatos a governo do estadual e os que lutam pela presidência da República já passaram por Campinas e vão voltar mais vezes até a eleição. “E isso só acontece, porque Campinas é referência nacional. Todas as decisões importantes deste País, passam por Campinas”, concluiu.

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Fotos: A.C.Oliveira/CMC

 

Copyright (c) 2009 - www.bileosoares.com.br - Todos os direitos reservados